Santos monitora 13 casos suspeitos de coronavírus

Santos monitora, atualmente, 13 casos suspeitos da Covid-19. Nesta quinta-feira (12), a Seção de Vigilância Epidemiológica (Seviep) recebeu notificação do caso suspeito de uma criança moradora do Município, de 11 anos, que esteve no Japão e apresentou sintomas similares aos da doença. Ela passa bem e está em isolamento domiciliar.

Outros 12 casos suspeitos seguem monitorados pela Seviep, sendo oito mulheres com idades de 24 anos, 32, 44, 49, 55, 63, 64 e 89 anos; e quatro homens de 53, 66, 69 e 89 anos – este último está internado em isolamento em hospital particular da Cidade. Os demais estão em isolamento social domiciliar e as amostras de todos os pacientes sob análise no Instituto Adolfo Lutz (IAL).

 

12 casos descartados

Doze casos já foram descartados em Santos após resultados do IAL, sendo oito deles de residentes do Município, uma criança chinesa que veio para casa de familiares e três moradores de Praia Grande atendidos em hospitais particulares da Cidade.

 

PREVENÇÃO

Todas as medidas preventivas vêm sendo realizadas pela Prefeitura de Santos nos últimos dois meses, desde o início da epidemia da doença na China. Gestores da Secretaria Municipal de Saúde estão se reunindo com representantes da área nas esferas estadual e federal e promovendo capacitações dos profissionais de saúde para atendimento de casos suspeitos.

Também foram promovidas capacitações sobre medidas preventivas contra a doença como importância da lavagem das mãos e higiene dos ambientes para orientadores pedagógicos da rede municipal, agentes multiplicadores das informações para as escolas, e diretores e representantes de outras escolas públicas e particulares.

Para evitar a proliferação do vírus, são recomendadas medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.