Prefeitura do Guarujá reativa sorologias de HIV, Hepatites e Sífilis, por meio do Laboratório Municipal

Com a ação, Município atende recomendação do Ministério que estabelece,
 que esses exames estejam em laboratórios públicos e não privados

O Laboratório Municipal de Guarujá da Unidade Complexa William Rocha (Jardim Boa Esperança) está sendo reativado na sua totalidade. Devido à reforma iniciada no local há seis anos, o Laboratório de Saúde Pública teve que interromper alguns procedimentos passando a atuar de maneira parcial. Isso fez com que a Prefeitura precisasse terceirizar a sorologia de HIV, Hepatites Virais e Sífilis, colhidos nas unidades de Atenção Básica do Município.

A reativação do serviço atende recomendação do Ministério da Saúde, que estabelece que esses exames estejam em laboratórios públicos e não privados. Para isso, a Secretaria de Saúde de Guarujá abriu, recentemente, um processo administrativo para a retomada deste serviço pelo Município, que atualmente já atende algumas Unidades Básicas (UBS) e de Saúde da Família (Usafas).

Com a interrupção de alguns procedimentos, o Laboratório Municipal fazia somente as baciloscopias (leitura das lâminas) para tuberculose, no Ambulatório de Referência em Especialidades (ARE). Também eram agendados os exames de pacientes do Willian Rocha, e a equipe fazia ainda o acompanhamento ambulatorial dos pacientes de HIV e hepatites virais, por exemplo.

O assunto, inclusive, foi tratado no último dia 26, com os gerentes das UBSs e Usafas. O encontro aconteceu no Auditório Dona Jane, da Unidade Complexa William Rocha, no Jardim Boa Esperança e tratou dos protocolos a serem estabelecidos nas unidades com relação às sorologias citadas.

Segundo o diretor da Unidade Complexa William Rocha e responsável Técnico Laboratório Saúde Pública do Guarujá, Ney Almeida Grilo, este é um movimento que acaba sendo bem efetivo no acompanhamento dos casos positivos, e nas interferências para proteger crianças e os próprios pacientes. "É uma recomendação do Ministério, que estamos cumprindo, e com isso, vamos nos aproximar mais dos casos, e estar mais ciente de quem são essas pessoas que, infelizmente estão contaminadas".

Serviço – O Laboratório Municipal funciona na Unidade Complexa fica Rua Hélio Ferreira, 369, em Vicente de Carvalho, das 7 às 18 horas. Mais informações pelos telefones: 3342 4497; 3386 2855 e 3352 2666.