Josias de Souza: Se Lula deixar prisão, como parece provável, ficará pouco tempo em liberdade

Lula está trocando conversa fiada pela praticidade de sair da cadeia

O Ministério Público Federal cconcluiu que Lula tem direito ao regime semiaberto de prisão. Em parecer enviado ao Superior Tribunal de Justiça, a subprocuradora Áurea Lustosa indicou que o ex-presidente condenado já cumpriu tempo suficiente da pena para conseguir o benefício.

Em uma das suas manifestações recentes, Lula declarou que não trocaria a sua dignidade pela sua liberdade. Agora, seus advogados estão reivindicando no STJ não a passagem pelo semiaberto, que já foi reconhecido como direito dele, mas a passagem direto para o aberto. Com esse requerimento, ele reconhece a legitimidade do julgamento que o condenou.

Ele está trocando conversa fiada pela praticidade de sair da cadeia. O reconhecimento é importante porque acaba com lero-lero de perseguição política. Ele agora  joga o jogo de acordo com as regras do estado democrático de direito. Se sair, como parece provável, ficará pouco tempo em liberdade, outras condenações virão.