Início de dragagem impulsiona construção de ponte sobre o Rio São Jorge

A dragagem do Rio São Jorge é mais uma das etapas iniciadas no canteiro de obras da ponte deste local. A estrutura está sendo construída no bairro São Manoel e ligará a Zona Noroeste à Rodovia Anchieta e à Avenida Beira Rio, no bairro Bom Retiro.

A draga (equipamento que bombeia os sedimentos do rio) abrirá um calado de cerca de dois metros de profundidade. As equipes trabalharão numa área de 60 metros de largura por 161 metros de comprimento. Esse perímetro é necessário para que os flutuantes possam navegar ou reter os equipamentos e materiais que serão usados na execução da fundação da ponte no trecho em água. A distância entre as duas margens do rio São Jorge, lado Bom Retiro e lado São Manoel, é de 160 metros.

"Os sedimentos dragados do rio são depositados num bag e, após a desidratação desse material, enviamos para o descarte correto e adequado que é um aterro sanitário certificado", afirmou o engenheiro da Queiroz Galvão, Lucas Miranda Duarte. A dragagem deve durar cerca de 45 dias.

 

Novos avanços

A construção da ponte sobre o rio São Jorge totaliza um avanço de 37% de conclusão da obra. Com previsão de término para dezembro de 2020, o elevado, que terá 600 metros de extensão, conta com diversas frentes de trabalho no canteiro. Das 494 estacas, até o momento 222 já foram cravadas.

Os serviços de produção de vigas também não param. Das 81 estruturas de sustentação que a ponte terá e que estão sendo produzidas no pátio no próprio canteiro, 12 já estão prontas. Cada viga tem cerca de 40 metros e pesa aproximadamente 80 toneladas.   

A implantação de camisas metálicas, execução de blocos e pilares, travessas, montagem de treliça lançadeira (equipamento automotor utilizado em substituição aos guindastes) e mobilização de bate-estacas também são trabalhos em desenvolvimento.

Outro ponto importante da obra que já foi iniciado é o desvio na rodovia, na altura do trevo do Bigode, para quem irá acessar o bairro São Manoel, que será necessário para a continuidade da obra. Os trabalhadores já fizeram a limpeza e a primeira etapa do rebaixo do terreno. Em seguida, entrarão com areia e pedra rachão e, depois, a pavimentação.

 

VISTORIA

O prefeito Paulo Alexandre Barbosa vistoriou mais uma vez as obras da ponte sobre o Rio São Jorge. Na manhã desta quinta-feira (21), ele esteve no canteiro de obras com a equipe do Programa Nova Entrada de Santos e da Queiroz Galvão acompanhando e fiscalizando todos os passos da construção. "A obra está andando muito bem e dentro do cronograma previsto. Todas as obras que a Prefeitura faz têm como objetivo final a qualidade de vida das pessoas porque é isso o que realmente importa", destacou.