Governo de São Paulo deve estender quarentena até o dia 23 de abril

O governador João Doria deverá estender a quarentena no estado de São Paulo até o próximo dia 23 de abril — portanto, depois dos feriados de Páscoa e Tiradentes. Segundo a Jovem Pan apurou, o anúncio deverá ser feito na manhã desta segunda-feira (6), após um encontro do governador com empresários.

Doria tem se reunido semanalmente com diferentes segmentos do empresariado para ouvir demandas e sugestões dos setores para enfrentar o aspecto econômico da crise provocada pela pandemia do coronavírus. Em reuniões com seus auxiliares no final de semana, avançou a possibilidade de flexibilização gradual para determinados segmentos, o que também poderá ser comunicado nesta segunda.

O governador João Doria dará entrevista ao programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan, nesta segunda, às 19h, com transmissão em jp.com.br e pelo canal do YouTube.

Doria instituiu por decreto estadual, desde o último dia 24 de março, quarentena em todo o Estado no período de quinze dias, ou seja, até a próxima terça-feira (7). A medida fez com que comércios e estabelecimentos não considerados essenciais ficassem fechados nos 645 municípios.

Puderam continuar funcionando normalmente os serviços de saúde, segurança, bancos, supermercados e limpeza, por exemplo. Já bares, restaurantes, cafés e lanchonetes precisaram fechar suas portas.

No decreto assinado por Doria, também ficou recomendado que a circulação de pessoas se limitasse às necessidades imediatas de alimentação, cuidados de saúde e exercícios de atividades essenciais.

Veja como está a situação dos estabelecimentos

Comércio
Fechamento do comércio atinge todas as lojas com atendimento presencial. Estabelecimentos podem atender por serviços online ou por aplicativos.

Bares e restaurantes
O fechamento inclui bares, restaurantes, cafés e lanchonetes. Estabelecimentos que servem alimentos e bebidas em mesas ou balcões só podem atender pedidos por telefone ou serviços de entrega.

Serviços de saúde
Está liberado o funcionamento de hospitais, clínicas – inclusive as odontológicas – e farmácias.

Abastecimento
Podem atuar normalmente transportadoras, armazéns, transporte público, táxis, aplicativos de transporte, serviços de call center e bancas de jornais.

Pet shops
Por comercializar alimentos e medicamentos veterinários, são considerados essenciais para a saúde dos animais.

Postos de combustíveis
Funcionam normalmente e podem vender produtos, desde que não funcione como restaurante.

Escritórios de advocacia e contabilidade
O governador João Doria cancelou medida que previa funcionamento de escritórios de advocacia e contabilidade no último sábado (4).