Bolsonaro viaja para a Argentina nesta semana para se reunir com Macri

Essa será a primeira visita de Estado do presidente Jair Bolsonaro ao presidente argentino, Mauricio Macri

A primeira visita de Estado ao presidente argentino, Mauricio Macri, marcada para esta semana, deve estreitar as relações do Brasil com o país vizinho. O presidente da República, Jair Bolsonaro, pode projetar no encontro uma ajuda mais consistente à Argentina, que vive uma grave crise.

O professor de relações internacionais, Marcus Vinicius de Freitas aponta que o Brasil estará em melhores condições de auxiliar os argentinos se aprovar as reformas. “Bolsonaro consiga aprender desta verificação as mudanças que são necessárias para o Brasil até que o Brasil consiga, de alguma maneira, ajudar a argentina nesse processo de melhoria econômica que é tão necessária para a consolidação democrática e econômica do Mercosul e dessa região tão importante do mundo”, disse.

O professor de direito internacional da FMU, Manuel Furriela aponta que o Brasil tem que exercer seu papel de potência regional. “Que nós temos uma responsabilidade, como potencial regional que somos na América do Sul, de direcionarmos nossa política externa para outras relações. Nos preocupa a questão da Venezuela e sua grave crise, mas nos preocupa também a de outros países-chave na região, como é o caso da Argentina”, afirmou.

Bolsonaro tem outra viagem internacional marcada para este mês.Ele vai participar da reunião do grupo dos 20 países mais desenvolvidos do mundo, o G20, que será realizada no Japão.

*Com informações do repórter Daniel Lian