Bolsonaro tem aprovação de 47% e lidera pesquisa eleitoral para 2022

O presidente eleito Jair Bolsonaro faz pronunciamento após reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.

Em apenas cinco meses, a aprovação do desempenho pessoal do presidente Jair Bolsonaro cresceu de 41% para 47,8%, segundo dados da pesquisa CNT/MDA.

O levantamento atualizado foi divulgado nesta quarta-feira (22/01/20), em Brasília, Distrito Federal.

A pesquisa da Confederação Nacional dos Transporte (CNT) foi encomendada ao Instituto MDA.

O levantamento ouviu 2.002 pessoas, de 15 a 18 de janeiro, em 137 municípios de 25 estados.

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, segundo o instituto.

Além do desempenho de Bolsonaro, a avaliação positiva do governo também subiu no mesmo período.

O estudo indicou que 34,5% dos entrevistados consideraram o governo ótimo ou bom, outros 32,1% responderam que o governo é regular e 31% declararam que é ruim ou péssimo.

Entre os entrevistados, 30,1% consideram que a área com melhor desempenho do governo é o combate à corrupção, seguido por economia (22,1%) e segurança (22%).

As áreas com a pior avaliação são: saúde (36,1%); educação (22,9%) e meio ambiente (18,5%).

A pesquisa concluiu que os dados indicam expectativas positivas de melhora do país e de recuperação dos índices de avaliação pessoal de Bolsonaro.

Avaliação do governo Bolsonaro em janeiro de 2020:

Ótimo – 9,5 % (Era 8% em agosto de 2019);
Bom – 25% (Era 21,4% em agosto de 2019);
Regular – 32,1% (Era 29,1% em agosto de 2019);
Ruim – 9,5% (Era 12,9% em agosto de 2019);
Péssimo – 21,5% (Era 26,6% em agosto de 2019);
Não sabe ou não respondeu – 2,4% (Era 2% em agosto de 2019)

Avaliação do desempenho pessoal de Bolsonaro em janeiro de 2020:

Aprova – 47,8% (Era 41% em agosto de 2019);
Desaprova – 47% (Era 53,7% em agosto de 2019);
Não sabe ou não respondeu – 5,2% (era 5,3% em agosto de 2019)

Fonte: Pleno News

 

PESQUISA ELEITORAL PARA PRESIDENTE EM 2022

 

– Segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela CNT/MDA, Jair Bolsonaro lidera nas intenções de voto para a disputa presidencial de 2022.

Ele aparece em primeiro lugar no levantamento, com 29,1%. Lula vem em seguida, com 17%.

É bom lembrar que o ex-presidiário, embora solto, não pode se candidatar em função da Lei da Ficha Limpa.

Ciro Gomes aparece em terceiro com 3,5%.

Sérgio Moro é o quarto com 2,4%.

Fernando Haddad tem 2,3%.

Luciano Huck foi lembrado por 0,5%, enquanto João Dória foi citado por 0,3%.

Ainda segundo a pesquisa, 30,2% dos entrevistados não sabem dizer em quem votariam se a eleição fosse hoje.